terça-feira, dezembro 20, 2005

hi5: a nova moda e coiso e tal (o bedum do costume)

Caro leitor, pode parar de esfregar os olhos compulsivamente como se tivesse a pamella anderson nua à sua frente, não com 1 mas com 2 pares de mamas - com 1 todos já nós vimos - eu voltei e comigo todo o lixo electrónico existente nesta coisa a que tendemos chamar web.

Agora perto da quadra natalicia venho-vos falar de um novo, ou talvez não tão novo merdoso site chamado hi5. Trata-se de uma cópia do orkut (este lançado pela google, o qual estranhamente não pegou muito, excepto para os nossos irmãos brazucas) e a ideia é podermos conhecer gajas fodiveis.

Tudo o que é macaco farto de andar a descascar a banana perde cerca de 3 a 4horas diárias no hi5 a mandar mensagens no sistema para tudo o que _parece_ ser gaja com o contacto de MSN deles, o macaco_q_so_come_banana@hotmail.com.

Mas graças a estes routos uma nova funcionalidade do hi5 irá surgir e me despertou a atenção, não caro leitor, ainda não será desta arranjam o problema da rede de conhecimentos estar sempre em baixo.. Mas voltando ao que interessa, a grande funcionalidade, e eu estou com alguma curiosidade é nada mais nada menos que uma wishlist nossa..

Estou certo que alguns dos estimados leitores, mais aficionados do hi5 já estão em alto e bom som a dizer - "Aiiii o caralho!! Este gajo para além de só postar bedum, ainda vem para aqui com informações antigas para caralho" - no entanto, tenham calma. Não é da wishlist das prendinhas de anos que estou a falar... Isso é mais routo que as coisas routas e o estimado leitor bem sabe que eu não sou dado a paneleiragens!

É sim, uma wishlist de hi5 marcados como "Eu bem que a queria foder!!". Após ter dito a palavra chave, já tenho alguns dos trolhas a gritar"UI!!! Esta quero eu saber!!! ". Portanto vou tentar escrever de-va-gar e com pa-la-vras sim-ples para esses atrasados também perceberem, coitados afinal também têm direito não é? (É época natacilia e o carago).

Mas passo a explicar, agora debaixo de cada foto do hi5 irá aparecer um "add to wishlist", após essa adição a equipa do hi5 entra em contacto com ambos e paga uma noite ao "wishados" - sou mesmo bom caralho! Até já invento palavras novas - no hilton onde poderão mandar fodas monumentais com quem os "wishou" - dasss tou mesmo "on fire". Obviamente quer ler as letrinhas pequeninas em rodapé escritas a branco para se confundirem com o fundo, vêm que no quarto também estará o grande Homem Sá Leão e toda a sua equipa de filmagem! No entanto, o mais interessante não será ver as fodas monumentais, mas sim ver os trolhas a fazerem free diving da janela da suite cá para baixo quando vêm que as gajas supostamente fodiveis muitas vezes nem passam pela porta - e atenção caro leitor que as suites são entradas de duas portas!
Enfim, mas é para aprenderem a não fazerem engates pela net.. Num bar ao menos vemos primeiro o material apalpamos e o caralho para ver se não vem nada a mais e só depois é que fazemos o testdrive...Isso sim é que é de homem, internet é para panilas.

Rumores dizem que aquele bacano do fiel ou infiel também vai começar a utilizar esta nova "feature" no seu programa...quem sabe, talvez ele invada aquilo, e todo o merdum que vê a TVI acabe por lá....fazendo com que os servidores do hi5 fechem por excesso de merda.... isso eram um bom presente de natal.

E pronto, é tudo... Como sempre só disse merda, mas lá no fundo até está dito qualquer coisa, o caro leitor só tem de não ser otário para conseguir lá chegar!

Boas órgias na noite de natal!
Sem mais assunto,

Mr. P


Agora um pouco mais a sério, leia-se saíndo do Mr. P. Quero desejar a todos os estimados leitores deste blog um excelente natal e um bom ano Novo. Peço desculpa pela minha ausência, especialmente à doce co-bloguista Miss I - se bem que sei que não foi sentida - mas agora é trabalho e já não há tanto tempo para isto...E muito menos imaginação à La Mr. P, quando chego aqui muitas vezes já tenho a puta do fuzivel queimado.

Já agora aproveito e expresso aqui a minha verdadeira opnião: a interacção com outras pessoas na internet é saudável quando moderada e sempre ausiliadade de bastante contacto social na vida real. (Damn...estas conversas fazem-me mesmo parecer velho)

domingo, dezembro 04, 2005

Mães com SPA

SPA não se entende como sanus per aquam, mas sim como "síndroma pré-avó". No outro dia, estava a fazer sala num consultório e uma miúda estava a fazer queixa à avó porque a mãe dela lhe tinha dito que só lhe dava de comer se ela lhe desse netos! Senti-me solidária.. não sou só eu a sentir que a minha mãe me criou e aturou estes anos todos porque queria um neto (ou mais!). Às vezes fico com a ideia que ela não queria realmente ter filhos, só netos. Todos os meses lá vem a história dos netos.. Que eu não preciso de me preocupar com eles (até porque, segundo ela, eu dava uma péssima mãe), que ela faz tudo e até já tem o trajecto até ao parque infantil delineado! Sim.. "só" tenho que passar pelo trabalho de ter os netos dela. Sim, "só"! É que não custa nada andar nove meses tipo bola de berlim sem conseguir andar muito tempo de pé ou mesmo conduzir, cãimbras, pés inchados, corpo deformado, peito inchado.. e aquelas maravilhosas dores de parto?! Estar umas cinco horas a sofrer para caraças por causa de dez minutos de prazer? Como é que uma cabeça que parece uma bola de futebol passa num buraco mais pequeno que um limão anão sem causar estragos idênticos ao que o cometa fez aos dinossauros? (Rebentou tudo à sua passagem..)

Como é que é possível que em milhões de anos de evolução, o parto continue a aterrorizar qualquer mente feminina? E não me venham dizer que o segundo é mais fácil, já experimentaram?!

Pois bem, eu "só" tenho que me submeter a estas coisas e a minha mãe trata da peste. Está claro que algures "só" vou ter que acordar para dar de mamar àquela grafonola, com o botão de volume estragado no máximo, de três em três horas (viva o sono descansado) senão o peito deve entrar em convulsões e explodir se o terror em fraldas ficar sem sede.
O mais giro disto tudo é que a minha mãe acha maravilhosa a ideia de netos, mas a existência de um pai para eles já é outra história! Se eu for passar um fim-de-semana algures com o meu namorado é um filme de terror e um inquérito fenomenal. Suponho que a peste deva nascer de geração espontânea. Ou talvez em vez de um pai lhe possa arranjar uma mãe e recorrer à inseminação artificial? Será que a minha mãe tem alguma coisa contra isso? Assim não tem que conhecer/aguentar com o pai. Ou talvez ser mãe solteira "à la" Ágata?!

Mãe, lamento mas não quero ser mãe. Desculpa lá qualquer coisinha!